Get relevant information on mobile marketing delivered to your inbox.
Back to blog

Marketing personalizado: por que é fundamental investir na estratégia?

Marketing personalizado: por que é fundamental investir na estratégia?

Você certamente já vivenciou uma situação em que o marketing personalizado fez diferença em sua decisão de compra. Quer ver? Você já adquiriu um produto a partir de um anúncio em suas redes sociais? Ou percebeu que determinada oferta sugerida combinava exatamente com os seus hábitos de compra? 

Esse é o poder de uma estratégia de personalização: alcançar potenciais clientes com mensagens que se encaixam como uma luva em suas demandas e necessidades.

Porém, as perguntas que ficam são: como executar uma estratégia de marketing personalizado? Quais as ferramentas necessárias para mapear corretamente o comportamento do consumidor? Como desenvolver estratégias direcionadas sem sobrecarregar o time?

 Neste artigo, tiramos todas as suas dúvidas. 

O que é marketing personalizado?

Marketing personalizado é um conjunto de estratégias desenvolvidas e direcionadas a partir de uma análise do comportamento, dos hábitos e das demandas do consumidor. O entendimento dessas informações possibilita uma comunicação unitarizada (por isso, a estratégia também é chamada de one-to-one, ou “um para um”).

A ideia é criar um relacionamento próximo e humanizado entre a marca e seu cliente. Por isso, as comunicações tendem a reforçar a preocupação e o cuidado da empresa em “adivinhar” aquilo que o consumidor necessita. 

Por que você precisa investir em uma estratégia de marketing personalizado? 

A resposta é simples: porque o consumidor espera que você faça isso. Para você ter uma ideia, estudos mostram que mais de 60% dos compradores afirmam que se tornariam consumidores leais a uma marca após uma experiência de compra personalizada.

E não para por aí! Empresas que investem em personalização tendem a uma receita até 40% maior do que aquelas que não o fazem.

Além do crescimento da fidelização e do incremento da receita da empresa, o marketing de personalização traz, ainda, outros benefícios para os negócios, tais como: 

  • encurtamento do ciclo de compras: o marketing personalizado gera facilidade na tomada de decisão do cliente, ao entregar opções que conversem diretamente com as suas demandas;
  • experiência do cliente mais fluida e funcional: um ciclo de compras fluido tende a gerar sensação de satisfação. E isso impacta positivamente na percepção do consumidor sobre sua experiência com a marca.

Quais são as melhores estratégias de marketing personalizado? 

Existem diversas formas de executar uma estratégia de marketing personalizado. A seguir, listamos 5 possibilidades, de ações simples a projetos complexos. 

1- E-mail personalizado

Um dos mais conhecidos exemplos desse tipo de marketing é o e-mail direcionado. Muitas empresas se enganam ao acreditarem que toda a estratégia se resume a inserir o nome do usuário na mensagem. 

A ideia é direcionar mensagens de acordo com comportamentos de compra e históricos previamente analisados — e, claro, chamar seu cliente pelo nome. 

2- Segmentação de preferências em aplicativos

Outra maneira de personalizar o marketing é usando a base de dados fornecidos em seu aplicativo móvel. A partir do percurso de navegação do cliente, é possível identificar suas preferências e ajustar o algoritmo para oferecer aquilo que melhor se encaixe no padrão de buscas. 

3- Envio de ofertas via WhatsApp

O WhatsApp pode ser um excelente meio de marketing personalizado. Isso porque parte do princípio de que o cliente deseja manter contato com a sua marca (na medida em que ele fornece seu número e autoriza as mensagens). 

Dessa forma, você pode programar envios de ofertas especiais, condições exclusivas e mensagens direcionadas usando o canal. 

4- Personalização por geolocalização

Se seu cliente concede acesso à sua localização, você tem em mãos um trunfo poderoso para aplicar a personalização. Que tal oferecer produtos e serviços adequados ao momento vivido? 

Pense, por exemplo, no cliente que viaja de férias para Bariloche em julho. Nesse caso, promoções relacionadas a produtos de inverno, como itens de esqui e neve, podem fazer sentido. 

5-  Comunidades

Criar comunidades em seu aplicativo móvel pode ser uma forma estratégica de gerar marketing personalizado. 

Isso porque os grupos já estimulam a reunião de usuários com aspectos semelhantes, seja o apreço por determinado produto, gênero cinematográfico, prática esportiva ou categoria de veículo.

Resumindo, como fazer marketing personalizado? 

Agora que você já conhece o conceito e suas potencialidades, é hora da parte prática. Aqui estão nossas dicas de ouro para direcionar o seu marketing. 

1. Crie jornadas personalizadas

Lembre-se sempre de que, ainda que o seu core business seja um só, diferentes usuários percorrem jornadas diversas até encontrarem a solução buscada.

Por isso, desenhe personas, projete jornadas e crie scripts de apoio para cada uma. Práticas como essas auxiliam no desenvolvimento de estratégias unitarizadas de comunicação e marketing de ponta a ponta.

2. Alinhe as suas demandas às expectativas do usuário

Outro ponto-chave para a criação de uma campanha de marketing de sucesso é o alinhamento de expectativas. Se você espera enviar mensagens personalizadas a partir da geolocalização do usuário, tenha a certeza de que ele compreende e concorda com isso.

Uma boa forma de apresentar as suas intenções ao cliente é reforçando o valor agregado à cessão de dados. De que forma o compartilhamento da localização pode ajudar na entrega de conteúdos específicos e valiosos? Deixe isso claro sempre que possível. 

3. Considere a comunicação omnichannel

Mantenha em mente que o marketing dos dias atuais é omnichannel. Isso significa que os consumidores raramente fazem negócios usando apenas um canal de contato.

Eles navegam pelos meios de comunicação e esperam que as empresas consigam manter a fluidez e a integração das mensagens em todos eles. 

4. Segmente de forma inteligente (e automatizada) 

Outro pulo do gato quando falamos sobre marketing personalizado é: não segmente demais, a ponto de limitar o campo de visão do seu cliente. Embora as sugestões específicas sejam eficazes, é importante que ele se sinta livre para explorar e acessar ofertas e produtos (até então) improváveis. 

Aproveite para aliar a segmentação à automatização e crie gatilhos condicionais que ajudem a criar grupos de acordo com movimentações realizadas no seu site ou aplicativo móvel.

5. Analise os resultados e aprimore as campanhas 

Por fim, analise resultados periodicamente e busque oportunidades de otimização das campanhas e segmentações. Caso tenha dúvidas sobre a linguagem e a efetividade das mensagens, crie testes A/B para mensurar o nível de adesão do usuário. 

Software de segmentação de marketing: aliado no processo

Como você viu ao longo do artigo, o marketing de segmentação é um poderoso aliado da personalização. Nesse sentido, ter o auxílio de ferramentas de automação, que simplifiquem o processo de agrupamento por afinidades, pode tornar a execução da estratégia mais efetiva. 

Com a CleverTap, você pode ativar a segmentação automatizada e criar grupos de usuários em tempo real, a partir de condicionantes programadas anteriormente. 

A partir daí, pode trabalhar mensagens e campanhas específicas para cada segmento, turbinando o engajamento e aumentando a retenção e a satisfação do seu cliente.

Conheça na prática os mecanismos de segmentação da CleverTap. Agende agora mesmo uma demonstração gratuita

Posted on April 30, 2024