Get relevant information on mobile marketing delivered to your inbox.
Back to blog

Como montar um e-commerce do zero? Passo a passo + dicas

Como montar um e-commerce do zero? Passo a passo + dicas

Está pensando em impulsionar o seu negócio ou criar um novo empreendimento e quer saber como montar um e-commerce? Essa pode ser uma boa estratégia, já que é uma área ainda em expansão.

Para certificar isso, precisamos falar de números, certo? Segundo um relatório do Opinion Box, o e-commerce foi a escolha de 77% dos brasileiros para realizar as suas compras nos últimos 12 meses. O que indica que muitas pessoas ainda preferem realizar suas compras pelos meios digitais.

Mais do que isso, dados da ABComm preveem que o faturamento do e-commerce pode ultrapassar R$ 260 milhões até o ano de 2027. 

O cenário parece promissor? Sem dúvidas. Contudo, para ter sucesso neste meio tão concorrido do comércio eletrônico, é necessário desenvolver boas estratégias para se destacar dos demais, encantar clientes e impulsionar as vendas.

Por isso, neste conteúdo falaremos sobre como montar um e-commerce, quanto custa em média e mais dicas do que você precisa saber. Aproveite a leitura!

Como montar um e-commerce?

Separamos 9 dicas práticas para ajudar neste momento:

  1. pesquise os tipos de e-commerce e escolha o que vender;
  2. defina o plano de negócio;
  3. escolha um nome e construa sua marca;
  4. registre o seu negócio;
  5. tenha uma boa gestão de estoque e logística;
  6. crie o seu e-commerce em um app ou site;
  7. invista na segurança da loja online;
  8. ofereça suporte multicanal;
  9. estude estratégias de marketing.

Confira mais detalhes para saber como montar um e-commerce do zero!

Pesquise os tipos de e-commerce e escolha o que vender

Antes de começar seu e-commerce, é importante entender os diferentes modelos de negócios e decidir qual se encaixa melhor com suas habilidades, interesses e recursos. 

Por exemplo, se você tem uma paixão por moda, pode optar por um e-commerce de roupas. Se tem conhecimento em tecnologia, pode considerar um com foco em eletrônicos. 

Faça uma pesquisa de mercado para identificar oportunidades e demandas específicas que ainda não estejam sendo atendidas.

Defina o plano de negócio

O plano de negócios é essencial para guiar suas operações e garantir o sucesso a longo prazo. Deve incluir elementos como a descrição do negócio, análise de mercado, estratégia de marketing, estrutura organizacional, projeções financeiras e plano de ação. 

Um plano de negócios bem elaborado ajuda a visualizar os desafios e oportunidades do seu e-commerce e a desenvolver estratégias para superá-los.

Veja também: CTB29PT – O que é funil de vendas no marketing digital e como funciona?

Escolha um nome e construa sua marca

O nome e a marca do seu e-commerce são fundamentais para criar uma identidade única e atrair clientes. Procure um nome que seja fácil de lembrar, pronunciar e soletrar, e que esteja disponível para registro como domínio. 

Aproveite e construa uma identidade visual consistente, com um logotipo atraente, paleta de cores e elementos gráficos que transmitem os valores e a personalidade da sua marca.

Registre o seu negócio

Dependendo da sua localização e estrutura legal, pode ser necessário registrar seu e-commerce como uma empresa individual, sociedade limitada, ou outra forma jurídica. 

Isso garante que você opere legalmente e tenha acesso a benefícios fiscais e jurídicos. Portanto, consulte um contador ou advogado para entender os requisitos específicos do seu caso.

Tenha uma boa gestão de estoque e logística

Uma gestão eficiente de estoque e logística é essencial para garantir a satisfação do cliente e o sucesso do seu e-commerce. 

Utilize sistemas de gestão de estoque para monitorar os níveis de inventário, prever demanda e fazer pedidos de reposição no momento certo. 

Além disso, escolha parceiros de logística confiáveis e estabeleça processos eficientes para embalagem, envio e rastreamento de pedidos.

Crie o seu e-commerce em um app ou site

Escolha uma plataforma de e-commerce que atenda às necessidades do seu negócio e ofereça recursos como facilidade de uso, personalização, integração com sistemas de pagamento e segurança. 

É ainda importante ressaltar que os aplicativos de e-commerce tem se tornado estratégias interessantes para os negócios online. Afinal, oferece uma maior conveniência para os clientes, além de personalizar a experiência do usuário.

Com essa ferramenta, é possível enviar notificações push, além de ter integração com outros recursos do dispositivo. Tudo isso promove uma experiência de compra otimizada para o cliente, trazendo uma maior fidelização.

Invista na segurança da loja online

A segurança da loja online é uma preocupação importante para proteger os dados dos clientes e evitar fraudes. 

Certifique-se de que seu site tenha certificados SSL para criptografar informações sensíveis, implemente políticas de privacidade claras e esteja em conformidade com regulamentações de proteção de dados, como a LGPD.

Ofereça suporte multicanal

Dê aos seus clientes várias opções de contato para que possam obter suporte quando precisarem. 

O que pode incluir chat ao vivo, e-mail, telefone, redes sociais e até mesmo um sistema de tickets de suporte. Responda rapidamente às perguntas e preocupações dos clientes para garantir uma experiência positiva de atendimento ao cliente.

Estude estratégias de marketing

O marketing é essencial para atrair tráfego qualificado para o seu e-commerce e converter visitantes em clientes. 

Explore diferentes canais de marketing, como SEO (otimização para mecanismos de busca), publicidade paga (como Google Ads e Facebook Ads), marketing de conteúdo (blog posts, vídeos, infográficos), e-mail marketing, redes sociais e parcerias com influenciadores.

Lembre-se de que cada um desses passos requer planejamento cuidadoso e execução diligente para garantir o sucesso do seu e-commerce a longo prazo. 

Esteja preparado para aprender com os desafios e ajustar sua estratégia conforme necessário para acompanhar as mudanças do mercado e as necessidades dos clientes.

Indicação de leitura: CTB42PT – Tecnologia em marketing: ferramentas para reter e engajar mais

Quanto custa para fazer um e-commerce?

O investimento inicial para montar uma loja virtual pode variar entre R$ 5 mil e R$ 300 mil. A variação dos números parece muito grande? E é mesmo!

Isso porque não tem como responder a quanto custa para fazer um e-commerce de maneira simples. 

Afinal, depende de inúmeros fatores, como: escopo do projeto, recursos necessários, complexidade do design, funcionalidades desejadas, integrações com sistemas de pagamento, segurança, entre outros. 

Sem falar que você pode encontrar valores mínimos pequenos para cada serviço, mas também bem altos. Para você ter uma ideia, quando pensamos na estrutura da loja virtual, alguns dos possíveis gastos incluem:

  • plataforma de e-commerce;
  • desenvolvimento do layout;
  • certificado de segurança SSL;
  • plataforma de gestão;
  • investimentos em marketing;
  • hospedagem e registro de domínio.

Sem falar do custo de abrir uma empresa (seja MEI, ME ou EPP), incluindo as taxas, impostos, certificado digital e contador (quando necessário).

O que é preciso para começar um e-commerce? 3 dicas

Sem dúvidas, entender como montar um e-commerce pode ser desafiador, afinal, envolve inúmeras etapas, processos e burocracias. Por isso, separamos algumas dicas básicas para que seja um negócio bem-sucedido.

Comece pequeno

Você não precisa investir em centenas de produtos de uma vez. Se você é artesão, crie uma conta no Instagram e uma identidade visual simples para avaliar o interesse. 

Se estiver comprando produtos, dê a si mesmo um prazo para adquirir itens, criar um site e lançar suavemente com anúncios direcionados. Então, construa seu negócio a partir daí.

Experimente com marketing

As pessoas não saberão sobre o seu negócio a menos que você o promova. Felizmente, existem muitas maneiras de realizar testes A/B em plataformas especializadas, que permitem que você lance uma campanha importante de maneira prática.

Aproveite estratégias omnichannel

As jornadas omnichannel são importantes para fornecer uma experiência do usuário sem atritos e conveniente em todos os canais. Além disso, é possível aproveitar insights baseados em dados e oferecer ofertas personalizadas e relevantes.

Sem falar de um dos principais objetivos de qualquer negócio: melhorar a lealdade, criando vivências positivas e personalizadas, incentivando os clientes a não apenas fazerem novas compras, mas também compartilhar e recomendar a marca.

A grande verdade é que garantir boas experiências para os usuários do seu e-commerce deve ser o foco da sua estratégia. Somente dessa maneira é possível entregar o que eles precisam e se destacar dos concorrentes.

Aliás, análise de dados e personalização são ótimas formas de chegar a esse resultado. E podemos ajudar você com uma plataforma All-in-One completa da CleverTap!

Oferecemos recursos dinâmicos, atuais e altamente personalizáveis para viabilizar comunicações assertivas e bem-direcionadas

Quer conhecer mais? Então aproveite e solicite uma demonstração gratuita para conhecer todos os benefícios.

Posted on May 3, 2024